“…Empresas focadas em imagens de satélite também estão considerando uma forma de integrar dados de imagens de drones com seus softwares: essa semana, Cropio revelou ao AgFunderNews que é a primeira plataforma ERP a fazer isso.

A empresa com sede em Chipre agora permite aos clientes enviar imagens de seus drones para a sua plataforma de software para obter informações mais detalhadas em áreas específicas de suas terras a resoluções indisponíveis com imagens de satélite. Ela também permite usar imagens de drones quando a cobertura das nuvens impactar a eficácia da imagem de satélite.

“Sabemos que grande parte dos nossos clientes usa drones para obter imagens mais detalhadas”, disse Anna Moren, diretora de produtos no Cropio. “É por isso que tornamos possível para eles enviarem essas imagens diretamente para o nosso sistema. Com base na nossa pesquisa, sei que somos os primeiros a fazer isso”.

A plataforma do Cropio analisa as imagens da mesma forma que as imagens de satélite para monitorar as condições do campo, criar mapas de fertilização, prever rendimentos e avaliar a saúde da safra usando o Índice de Vegetação por Diferença Normalizada (IVDN).

Cropio tem clientes em 15 países por mais de 2 milhões de hectares de terra…”